Colar de Lasca de Turquesa Natural

Colar de Lasca de Turquesa Natural

R$20,00

R$10,00

(Em estoque)

Previous

Colar de Lasca de Sodalita Natural

Previous

Pingente Chapa de Agata Natural

Colar de Lasca de Turquesa Natural

Marca: Loja das Pedras Brasileiras
Modelo: 7047
Disponibilidade: Em estoque

Peso e Dimensões do Produto

Peso: 13.00 gramas
Dimensões (C x L x A): 10.00 x 10.00 x 10.00 centímetros
R$10,00 R$20,00
  • ou em até 1 X de R$10,00 sem juros Total: R$10,00
  • ou em até 2 X de R$5,00 sem juros Total: R$10,00

Taxa de juros de 2.39% ao mês

Calcular Frete e Prazos

Colar de Lasca de Turquesa Natural

Colar de Lasca de Turquesa Natural Brasileira. A peça vendida corresponde à foto. 

Indicações: sistema imunológico e respiratório. 

Propriedades:  apacitando a verbalização, a clareza na comunicação e o equilíbrio da expressão emocional. Representa a paz interior, o estar em paz consigo mesmo e com todos os seus aspectos, devendo ser usada sempre que houver algum conflito interior. Fisicamente, ajuda na cura de quaisquer problemas do sistema respiratório e músculos do peito e do pescoço.Atua também diretamente nas células da pele, amaciando e rejuvenescendo. Por isso mesmo, aconselha-se usar uma turquesa nos recipientes de cremes hidratantes.

História: Turquesa era comum no Egito antigo desde um período remoto e era conhecida por Plínio como Callais.No século XIII, dizia-se que a Turquesa era possuidora do poder de proteger o usuário de ferimentos de quedas (particularmente de cavalos). Esta fama foi, pouco depois, estendida para incluir as quedas de construções sobre precipícios.O Lapidário de Sir. John Mandeville afirmava que as Turquesas protegiam os cavalos dos efeitos oriundos da ingestão de água gelada quando estavam excessivamente quentes. Os turcos usavam como amuletos nas rédeas dos cavalos. Em todo o Oriente, costumavam ser utilizadas como talismãs para eqüinos. Acreditava-se que com elas os animais se tornavam mais resistentes e com cascos firmes.

Escreva um comentário

Você deve acessar ou cadastrar-se para comentar.